]

Relatórios DATALUTA - 2015 (NOVO)

Relatórios DATALUTA atualizados - 2015

 

Novidades

- Lançamento da "Biblioteca Digital da Questão Agrária Brasileira":

http://www.reformaagrariaemdados.org.br/

- Novas teses e dissertações disponíveis para download:

http://www2.fct.unesp.br/nera/ltd.php

- Número 23 (Inédito) da Revista NERA, referente ao segundo semestre de 2013:

http://revista.fct.unesp.br/index.php/nera/issue/view/214

- NORMAS Boletim DATALUTA para envio de artigos:

http://www2.fct.unesp.br/nera/boletimdataluta/normas_boletimdataluta2014.pdf

- Boletim DATALUTA, agosto de 2017:

http://www2.fct.unesp.br/nera/boletimdataluta/boletim_dataluta_8_2017.pdf

atualizado em 5 de setembro de 2017 - 13h27min

 

NERA

No NERA (Núcleo de Estudos, Pesquisas e Projetos de Reforma Agrária) são desenvolvidas pesquisas em nível de pós - graduação: mestrado, doutorado e pós-doutorado; em nível de graduação: iniciação científica e bacharelado por mais de uma dezena de pesquisadores.

Prestamos assessoria ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST - à Comissão Pastoral da Terra - CPT - à Via Campesina - Brasil e ao Movimento dos Pequenos Agricultores - MPA.

Elaboramos relatórios, monografias e documentos, publicamos artigos e livros, resultados de nossos trabalhos, como forma de contribuição às Ciências Humanas e para a proposição de políticas públicas.

Espaços de Pesquisa:

SIST – SISTEMA DE INFORMAÇÕES SOCIOTERRITORAIS
TEORIAS E TERRITÓRIOS

Nestes espaços são desenvolvidos os seguintes projetos:

DATALUTA - Banco de Dados da Luta pela Terra;
RIST - Relatório de Impactos socioterritoriais;
VIA CAMPESINA - Espacialização, territorialização e mundialização dos movimentos camponeses.
ATLAS - Atlas dos movimentos socioterritoriais da América Latina
CGPGA - Cadastro dos grupos de pesquisa em geografia agrária e estudos das teorias e métodos geográficos

No DATALUTA mantemos atualizado um banco com informações em escala nacional sobre ocupações de terra, assentamentos rurais, movimentos socioterritoriais e estrutura fundiária.

O RIST é uma metodologia de pesquisa utilizada para estudar os impactos socioterritoriais dos processos de conflitualidades territoriais.

No projeto VIA CAMPESINA estudamos os processos de formação por meio da espacialização, territorialização e mundialização dos movimentos camponeses no Brasil, México, Cuba, Espanha, Portugal, Estados Unidos, Canadá e França.

O projeto ATLAS está sendo desenvolvido em parceira com outros pesquisadores latino-americanos. No Brasil, cadastramos e estudamos os movimentos socioterritoriais de campo e da cidade.

No CGPGA estudamos as teorias e métodos geográficos dos grupos de pesquisa em geografia agrária, de modo a contribuir com a história do pensamento geográfico.

O NERA mantém o acervo:

O acervo DATALUTA JORNAL com matérias desde 1986 de periódicos nacionais e regionais; com mais de 50 mil notícias registradas e voltadas para questão agrária paulista.

visitante

 

Contato

Fone:

(18)3229-5857

Mail:

nera@fct.unesp.br

 

©NERA